Reconto – “Contos de enganar a morte” 4ªsérie B Profª Beth


 

A QUASE MORTE DE ZÉ MALANDRO

Thays Brito Barreto

Zé Malandro era um homem que vivia jogando baralho ,tocando viola ou deitado em sua rede de papo pro ar. Nunca trabalhava e sempre perdia no baralho, por isso era muito pobre.

Um dia a noite Zé Malandro estava em casa fazendo sua janta, só tinha um pouco de feijão e um pedaço de pão seco.

Certo dia um homem bateu na porta e ele o convidou pra entrar. Zé Malandro dividiu a comida com o velho viajante e o convidou pra passar a noite ali. Antes de ir embora o homem falou:

– Muito obrigado Zé Malandro, eu tenho poderes mágicos. Faça quatro pedidos e eu vou realizar seus desejos.

O velho falou:

– Que tal você pedir pra ir pro céu quando morrer?

Zé Malandro pensou… pensou e disse:

-Não, eu prefiro ser invensível no baralho.

– Está bem… Que tal pedir honestidade e uma vida tranquila?

Zé Malandro pensou…pensou e disse:

– Não, quero uma figueira que quem subir só saia de lá quando eu mandar.

– Está bem… como você quiser.

Depois de conceder ao Zé malandro os quatro desejos o velho foi embora.

Passado muito tempo, Zé Malandro já bem velho  recebeu certa noite a visita da morte , que lhe disse:

-Zé , vim te buscar!

– Mas já? acho que você se enganou e pegou a pessoa errada, me sinto tão bem..

_ Eu não me enganei nada. Agora venha comigo.

– Então por favor deixe eu comer mais um fruto da minha árvore?- disse Zé

– Está bem – disse a morte.

– Dona Morte , por favor poderia pegar pra mim? estou velho e não consigo subir na figueira.

A morte subiu, pegou o figo e não consegui mais descer, então gritou:

–  Me tire daqui, por favor!!

Zé Malandro deixou passar um tempo e disse:

– Eu deixo você descer se me der mais 7 anos de vida.

A morte desesperada , aceitou

O tempo passou, e quando chegou o dia da morte voltar alguém bate na porta, Zé Malandro abriu. Era o diab. Ele falou:

– Não venha com aquele papo de árvore que eu não vou cair  nessa, a morte me contou. Sua hora chegou , venha comigo!

– Então  me deixe tomar um último gole de pinga, por favor. Você  me acompanha?

O diabo lambeu os beiços. Zé Malandro lhe disse:

– Senta aí nesse banquinho enquanto pego a pinga e os copos.

Depois de beber a pinga o diabo não consegui sair do banquinho. E assim Zé malandro consegui mais 7 anos de vida.

Passados os 7 anos o diabo voltou , dessa vez com a diaba.

A casa estava toda trancada, só uma janelinha  aberta. Eles entram pela janela e cairam dentro de um saco de pano. Zé Malandro deu gargalhadas, pegou um pedaçco de pau e bateu muito neles. Assim consegui mais 7 anos de vida.

Zé Malandro , que já estava muito velho e cansado de viver, morreu e foi direto pro inferno, bateu na porta . O diabo disse:

– Suma daqui agora! o inferno não foi feito pra você.

Então Zé Malandro foi bater na porta do céu. São Pedro disse:

– Você não quis minha ajuda, não quis salvação, nem perdão pros pecados, não quis morar no céu…Suma daqui agora!

Zé Malandro não podia ir pro inferno e nem pro céu. Então ele voltou pra Terra, e dizem que até hoje é visto jogando baralho por aí

Anúncios

11 pensamentos sobre “Reconto – “Contos de enganar a morte” 4ªsérie B Profª Beth

  1. As atividades aqui postadas é uma amostra…Todos os alunos realizaram , mas infelizmente não é possível postar todas. Quero parabenizar todos os alunos da quarta série B pelo trabalho realizado com atenção e capricho. Bjs

  2. eu michelly adorei de coraçao amei de verdade os desenho da 4 serie beijjjjjjjjjjjjjjjjjjjos

  3. os contos de enganar a morte eu ouvi quando tinha 8 anos na aula da professora claudia no emef josé maria lisboa a professora contava uma historia daqule livro todo dia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s